Histórias da Vara da Infância e Juventude SC

Histórias da Vara da Infância e Juventude SC

Nestes anos de profissão qual foi a história mais marcante – envolvendo criança e adolescente – que o(a) senhor(a) acompanhou?

Onze magistrados com atuação nas Varas da Infância e Juventude de Santa Catarina foram convidados a responder essa pergunta e a falar sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente que completou 30 anos na segunda-feira (13/7).

Dentre os relatos, selecionamos a história marcante do Dr. Fernando Carboni, juiz na comarca de Itajaí:


“O caso mais marcante foi o da entrega espontânea de um bebê recém-nascido com cardiopatia grave, o qual foi imediatamente encaminhado à UTI de um hospital de Joinville. O estabelecimento de saúde enviou vários ofícios ao juízo, informando que a cardiopatia era muito grave, com alto risco de morte, mas em caso de sobrevivência, ao receber alta da UTI, haveria necessidade de um acompanhante 24h por dia. Após a recusa do primeiro casal do cadastro de adoção, o segundo aceitou imediatamente, sequer perguntou a cor da pele, e foi ao hospital fazer o acompanhamento, o que tornou a recuperação muito mais rápida, surpreendendo até mesmo os médicos”.

Se emocione com as histórias contadas pelos magistrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *